Resenha #1 - Livro Irene


   
Irène
de Pierre Lemaitre

SINOPSE: Para o comandante Camille Verhoeven, a vida não poderia estar melhor: ele tem um casamento feliz e está esperando o primeiro filho com a amável Irene. Mas sua rotina agradável é interrompida por um assassinato cuja brutalidade choca toda a Brigada Criminal. O caso se torna ainda mais sombrio quando são encontradas similaridades entre o crime e o assassinato hediondo relatado em Dália Negra, um romance policial de James Ellroy, publicado em 1987.


Trata-se do primeiro livro da trilogia protagonizada por Camille Verhoeven comandante da Brigada Criminal de Paris. Com seu um metro e quarenta e cinco, Camille leva uma vida muito tranquila com Irène, que aguarda o primeiro filho do casal. Porém, esta felicidade vê-se em risco quando um crime brutal se torna público, onde salta desde logo à vista a ausência de vida, a cabeça de uma mulher pregada à parede
O caso se torna ainda mais sombrio quando Camille encontra similaridades entre livros de romances de policiais famosos como Dália Negra, um romance policial de James Ellroy, publicado em 1987.  A imprensa, então, apelida o assassino de "O Romancista" e a investigação do caso se desenvolve com os dois homens – o comandante Verhoeven e O Romancista – sob o olhar público, e um está determinado a ser mais inteligente do que o outro.
A história segue de forma linear, de uma forma que o leitor se prende de inicio ao fim, com pontos fortes sobre a forma que os personagens morrem, tendo tensão e suspense à narrativa.
O final angustiante e extremamente incomum em thrillers de serial killer,  mostrou o compromisso de Lemaitre com os padrões do gênero, que mudou de forma incrível. A reviravolta inserida no fim da primeira parte e a  chocante cena final ecoa na cabeça por muito tempo (sim, muito tempo mesmo) depois do término do livro, e não é para quem tem estômago fraco. E você fica se perguntando: Como? E Porque?
É realmente um choque e que nos faz pensar. Temos de um lado, um psicopata que vê nas mortes projetadas uma forma de arte que fala dos desejos escondidos dos leitores. De outro… estamos nós. Os leitores. 


Sobre o autor :
Pierre Lemaitre é um escritor e roteirista Francês, nascido em 19 de abril de 1951. Reconhecido internacionalmente pelos romances policiais que caracterizam o personagem fictício Comandante Camille Verhoeven.  
Seus romances Camille e A Grande Fraude ganhou o CWA International Dagger em 2015 e 2016, respectivamente

Livro #2                                                              Livro #3                                                




Um comentário:

  1. Estou curiosa HAHA
    Quero ler hein, não sei se tenho estômago forte, mas fiquei super curiosa.
    Adorei a dica, beijos.

    www.jayhanadenardi.blogspot.com

    ResponderExcluir

© Uma Jornada Com Café - 2018 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo